Total Visualizações: 686
Texto mais lido:
Poesia - Total: 69

Amigos Recentes

1121 THALYA SANTOS622 EVANDRO JORGE DO ESPIRITO SANTO613 SEDNAN MOURA620 EDIMARCIO MUNIZ PEREIRA385 ANDRADE JORGE587 RODRIGO GIOVANI BORCHARDT567 ACIR CAIANA450 WILLIAM VICENTE BORGES
Meus amigos...
Efuturo: Banner inicial para personalizar. 502 Todos os textos de: CARLOS ALVES
Busca Geral:
     
DICA: Utilize o botão COMPARTILHAR (do facebook em azul) ou o LINK CURTO que disponibilizamos logo abaixo desse botão para compartilhar seu TALENTO nas Redes Sociais, compartilhando com mais fãs e leitores de toda parte do Mundo Virtual. Esse recurso foi desenvolvido para ajudar na divulgação de seus textos. USE SEMPRE QUE DESEJAR!

 
Imprimir Texto
Total Votos: 0
Anote esse link curto de seu texto e divulgue nas redes sociais.

Sublime amor

Poema do livro "Sublime Amor"

Ah, é lindo contigo estar!
Meus olhos se deliciam
meu coração faz poesia
sem ao menos se esforçar.
Nem carece de talento,
pois se dispõe a roubar
a alma dos sentimentos...
Nos mais discretos lampejos
do olhar roubo os desejos.
Perdido em enlevo tamanho
do pensar eu levo os sonhos.
Da alegria roubo o riso
e o encanto do paraíso.
Se vou longe na utopia
roubo a doce fantasia.
Se não me aconchego à vontade
fico louco de saudade.

Dela, roubo as boas lembranças
trago junto a esperança
e faço a felicidade.
Do sofrer não quero nada
mas, é coisa que não tem jeito
as palavras enchem o peito
como os olhos se enchem d’água.
Então, roubo a angústia e a incerteza
a mágoa, a raiva e a tristeza
e faço versos de dor.
É assim, que o roubar que não tem fim,
pois sem fim é o meu amor.
 
   
Comente o texto do autor. Para isso, faça seu login.
Total de visualização: 35
[ 15 ] Texto
Votos Poesia Leitura Publicação
0 Sublime amor 35 01/08/2018
0 Santos 20 01/08/2018
0 Ao leu 18 29/07/2018
0 O Amor 65 17/05/2018
0 Coração de pedra 34 17/05/2018
0 Transcendência 39 10/05/2018
0 Impossivel te esquecer 46 03/05/2018
0 meu amor em rimas 49 22/04/2018
0 noites de outono 45 22/04/2018
0 flertes 48 22/04/2018
0 Ah! Como eu queria 45 16/04/2018
0 Saudade 59 09/04/2018
0 Tempo 65 04/04/2018
0 Eu te amo mais 49 03/04/2018
2 Poesia 69 02/04/2018

Parceria:

Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências.